Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes

Perguntas Frequentes

 

1. Que tipos de fraldas existem?

Musselinas:

São fraldas de camada única, quadradas, normalmente de algodão, que podem ser dobradas de diversas formas. São das mais conhecidas, pois eram as utilizadas antigamente, pelas nossas mães e avós . São económicas, secam rapidamente pois só têm uma camada de tecido, funcionam muito bem se forem dobradas correctamente. Não mantêm a pele do bebé seca. O seu uso requer alguma prática, nomeadamente por causa das dobras. Necessitam de snappi, alfinete ou boingo e de uma capa para impermeabilizar.

Pré-dobradas:

São rectângulos de tecido dobrado em três partes. as fraldas pré-dobradas são rectangulares e divididas e 3 partes, as laterais e o centro, com camadas de tecido sobrepostas, estando mais reforçadas no centro (normalmente 3x6x3 ou 4x8x4). Regra geral são de fibras naturais, como o algodão, existindo também em bambu ou cânhamo. Podem ser utilizadas contornando o corpo do bebé e com as abas laterais presas por um snappi ou, mais simplesmente, serem dobradas em três (em rectângulo) e colocadas dentro de uma capa impermeável. A colocação é rápida e é fácil de lavar. Podem ser usadas como absorventes extras noutras fraldas. São vendidas por tamanhos. Secam rapidamente, são económicas. Não mantêm a pele do bebé seca

Fralda de Contorno:

A fralda de contorno é uma fralda que contorna o bebé, não necessitando de montagens e dobras. Esta fralda já tem a forma feita, mas precisa de um alfinete ou Snappi para a prender. Não são impermeáveis, pelo que precisa de ser usada em conjunto com uma capa. As fraldas de contorno geralmente são feitas de fibras naturais, como o algodão, bamboo ou cânhamo, são muito absorventes. Não mantêm a pele do bebé seca. De fácil utilização.

Fraldas Ajustadas:

As fraldas ajudadas já vêm prontas a utilizar. Não precisam de montagens nem dobras e ao contrário das de contorno não necessitam de snappis ou alfinetes, pois trazem molas, velcro ou fitas de atar para ajustar ao corpo do bebé. Regra geral são de fibras naturais, como o algodão, a flanela, o bambu ou cânhamo. São muito absorventes mas não mantêm a pele do bebé seca. Não são impermeáveis, pelo que precisam de ser usadas em conjunto com uma capa. É só colocar no bebé, ajustar e, seguidamente por a capa.

Fraldas híbridas:

As fraldas híbridas são um sistema de capa + absorventes. Os absorventes podem ser presos através de molas ou colocados em capas específicas, com abas. O sistema híbrido permite a utilização de absorventes descartáveis biodegradáveis.

Fraldas de bolso:

Fraldas de bolso são as chamadas fraldas de pano modernas. São fáceis de usar, sendo similares às descartáveis depois de montadas. O ajuste é feito através de molas ou velcro. São chamadas de bolso porque têm um bolso onde se colocam os absorventes. Os absorventes podem ser de microfibra, algodão, bambu ou cânhamo. Têm uma camada impermeável por fora e a parte interior mantém a pele do bebé seca. Deve ter-se em atenção que os materiais sintéticos de que são feitas algumas destas fraldas poderão causar alergias a bebés com peles mais sensíveis. Embora práticas na altura da muda, estas fraldas implicam montagem após cada lavagem, colocando-se os absorventes no interior da mesma. O reforço de absorção pode ser conseguido através da colocação de vários absorventes no bolso, o que pode provocar um volume extra

Fralda Tudo em um:

As fraldas tudo em um são muito fáceis de usar, assemelham-se a uma descartável. São compostas por uma capa exterior impermeável, com os absorventes cosidos, não necessitando de montagem após lavagem. Ajustam-se ao bebé com molas ou velcro. Há de materiais orgânicos e sintéticos, podendo vir já com camada stay-dry (deixando a pele do bebé sempre seca). São regra geral as fraldas predilectas dos pais, avós e creches.

Fralda Capa:

As capas são coberturas impermeáveis, de materiais como o PUL, ou repelentes de humidade, como a lã, que se colocam sobre as fraldas absorventes como as musselinas, pré-dobradas, de contorno ou ajustadas, de forma a evitar fugas

Capa polyester + pul: Capas impermeáveis de secagem muito rápida, substituem-se a cada 3 ou 4 mudas ou quando estiverem sujas de cocó.

Capa algodão orgânico + pul : Capa impermeável de algodão orgânico com pul no interior, mais agradáveis ao toque, substituem-se a cada 3 ou 4 mudas ou quando estiverem sujas de cocó.

Capa de lã, shorties ou longuies: São capas de fraldas de lã que têm que ser lanolizadas para serem utilizadas. A lã é o material mais natural, é conhecida pela sua excelente respirabilidade. A lã mantém a sua propriedade impermeabilizante devido à lanolina (gordura natural da lã) e permite uma melhor respiração da pele. É termoreguladora. Muito confortável para usar em casa sem necessidade de pijama ou outras roupas por cima da capa. Ideal para os dias quentes e para peles sensíveis. Outra vantagem é que depois de utilizar são arejadas e só se lavam e lanolizam, mais ou menos de 15 em 15 dias caso não haja manchas de coco.

Fraldas de Treino:

São ideais para ajudar as crianças no processo de desfralde. Ao usá-las durante o dia, excepto na hora da sesta, vão ajudar o seu bebé a ter sucesso nesta fase tão importante da sua vida. O exterior é em PUL e o interior é absorvente. Assemelha-se a uma cueca.

Fraldas de Banho:

São ideais para ir para a piscina ou praia. O interior em pul e o seu ajuste, retém os cocós do bebé.

2. Quantas fraldas devo ter?

No mínimo 18 fraldas para lavagens dia sim, dia não. Não se aconselha deixar as fraldas mais do que 3 dias sem lavar. No Verão o tempo máximo sem lavar fraldas será 2 dias.

Não recomendamos usar fraldas de tamanho único num recém nascido, pois vão ficar grandes e vai ter fuga. Considere sempre fazer um investimento para r/n até aproximadamente os 5,5/6 Kg e depois poderá optar pelos tamanhos únicos com sucesso. Tenha em conta que um recém nascido usa entre 8 a 10 fraldas por dia. Consegue ter um pack de fraldas de recém nascido com aproximadamente 150 € (baseado nas opções mais económicas)

3. Quais os cuidados básicos a ter com as minhas fraldas?

Quando muda a fralda coloque-a num saco impermeável comum ou próprio para fraldas ou num balde. Pode também colocar neste saco os toalhetes reutilizáveis sujos. De forma a preservar os velcros, feche as abas antes das lavagens. Quando as fraldas têm sólidos tire o máximo de resíduos para a sanita, os restantes vão sair na lavagem. Pode utilizar forros biodegradáveis que se colocam na fralda e quando têm sólidos é so retirar e colocar directamente na sanita, protegendo a fralda. As manchas de cocó que não desapareçam na lavagem, desaparecem com a sua colocação ao sol (um excelente branqueador natural), existindo no mercado produtos desinfetantes que podem ajudar a retirar essas manchas. Com o uso de fraldas de pano raramente será necessário o uso de cremes, em caso de necessidade existem cremes compatíveis com estas fraldas. Cremes utilizados nas fraldas tradicionais, mancham e entopem as fibras da fralda ocasionando entupimento e fugas. Se o seu bebé precisar de um creme para muda de fralda, use um linner lavável para proteger a fralda reutilizável. Após o uso, desengordure-o com detergente de loiça antes de o colocar a lavar com as outras fraldas.

4. Como devo lavar as minhas fraldas?

Todas as fraldas devem ser lavadas antes da primeira utilização. Lave e seque os tecidos sintéticos – capas, fraldas de bolso, absorventes de microfibra e minky e fraldas tudo em um. Qualquer fralda ou produto que contenha fibras naturais, como algodão, cânhamo, e bamboo, deverão ser lavadas e secas 3-5 vezes para aumentar a absorção. Nunca lave as fraldas de fibras naturais junto com as sintéticas na primeira lavagem. A maioria das fraldas atinge o máximo de absorção depois de 10-12 lavagens.

Tenha atenção às fraldas com cores fortes, podem tingir, no início. Nas primeiras lavagens as fraldas de cor devem ser lavadas à parte, após algumas lavagens podem ser lavadas junto com as outras fraldas.

Utilizar um programa rápido de 15 minutos (ou enxaguamento) e colocar anti-manchas. Ajuda a que as fraldas não fiquem manchadas de cocó;

Colocar a medida de detergente indicada na embalagem (medida que vem com o detergente) e uma vez por mês juntar uma colher de  sobremesa de desinfectante, programa normal com pré-lavagem a 60ºC ( no caso de fraldas sintéticas não podem e a maioria só deixa lavar até 40 ºC, ver nas etiquetas do fabricante). Se a máquina não tiver cheia, pode juntar outras roupas.

Seguidamente faça um enxaguamento extra e coloque 5 gotas de óleo de chá de árvore (facultativo)

Para secar, o melhor é o Sol que ajuda a desinfectar e a tirar as manchas dos “sólidos”. Conselho: Evite colocar as fraldas ao sol nas horas em que o sol é forte, se tiver de o fazer pode colocar as fraldas fora de casa mas sem que o sol incida directamente. Pode sempre usar a máquina de secar (atenção a temperatura não pode ser muito alta ou danificará os tecidos), as fraldas ficam fofinhas e como novas!

Siga sempre as instruções de lavagem do fabricante das fraldas e tenha em atenção a temperatura da água, a maioria das fraldas só podem ser lavadas em água até 40º.

Detergentes

NUNCA use amaciadores nem detergentes líquidos, estes produtos ficam “colados” as fibras dos tecidos diminuindo a capacidade de absorção o que provoca fugas. Se por engano colocar algum destes produtos na lavagem terá de fazer várias lavagens apenas com água para retirar o máximo de produto depositado.

Recomendamos o uso de detergentes ecológicos mas os detergentes usuais podem ser utilizados para a lavagem das fraldas. É preciso ter em atençã., que deverá ser em pó, sem amaciador e sem aromas. Deverá ter mais cuidado se o seu filho/a tiver pele atópica, existem detergentes no mercado específicos para esses casos. Caso use marcas de detergentes recorrentes aconselhamos o uso de 1/2 da dose recomendada pelo fabricante, caso use muita quantidade as fraldas ficarão com resíduos de detergente provocando entupimento. Se durante a lavagem vir muito sabão, está a usar muita quantidade. Terá que ter em atenção sempre se a sua água é mole ou dura, pois varia a quantidade de detergente a usar. Se achar que as lavagens não estão boas vá aumentanto ou reduzindo o detergente até acertar na quantidade exacta para a sua máquina/água.

4. Quais as melhores fraldas para a noite ou para bebés que fazem muito xixi?

São as ajustadas + capa. Para potenciar ainda mais a absorção recomendamos o uso da capa de lã.

5. Como se deve proceder em caso de virose intestinal com a utilização de Fraldas reutilizáveis?

Primeiro cuidado: Lave bem as suas mãos para evitar que fique contagiada.

Aconselhamos que na lavagem das fraldas utilize um desinfectante natural até que a situação se regularize.

6. Como lanolizar uma capa de lã? Deve ser lanolizada sempre que a lavo?

Para a lanolização assista aos seguintes vídeos:

Lanolização com lanolina líquida

Lanolização com lanolina sólida

Cada vez que lavar a capa (mais ou menos 15 dias) deverá lanolizá-la a seguir.

7. Como sei que preciso de lanolizar a minha capa?

Quando a capa começar a ficar húmida significa que tem falta de lanolina.